quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Ação contra o Ensino Religioso Confessional

Noticiado no site: http://www.fonaper.com.br/noticia.php?ger=1&id=1019 Quarta, 11 de Agosto de 2010 - 10:22hs No dia 05 de agosto de 2010 (quinta-feira), a Procuradora Deborah Duprat, da
Procuradoria Geral da República, propôs uma AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE, com pedido de medida cautelar, a fim de que o Supremo Tribunal Federal realize a interpretação conforme a constituição do art. 33, caput e §§ 1° e 2° da Lei n° 9.394/1996, para assentar que o Ensino Religioso em escolas públicas só pode ser de natureza não-confessional, com proibição de admissão de professores na qualidade de representantes das confissões religosas. Ao mesmo tempo, solicita que o Supremo profira decisão de interpretação conforme a redação do artigo 11, § 1°, do Acordo entre a República Federativa do Brasil e a Santa Sé relativo ao Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil, aprovado pelo Congresso Nacional e promulgado pelo Presidente da República através do Decreto n° 7.107/2010, para assentar que o ensino religioso em escolas públicas só pode ser de natureza não-confessional ou que seja declarada a insconstitucionalidade do trecho ”católica e de outras confissões religiosas”, constante no referido Acordo. A procuradora Deborah Duprat defende que o Estado é laico e, portanto, não deve oferecer ensino religioso confessional nas escolas públicas. "A escola pública não é lugar para o ensino confessional, pois este tem por propósito inculcar nos alunos princípios e valores religiosos partilhados pela maioria", diz a ação. A Procuradoria Geral da República admite o estudo das religiões desde que seja sob a perspectiva histórica e comandada por professores, "sem qualquer tomada de partido" e sem a participação de pessoas vinculadas a igrejas. Esta AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE foi ao encontro de todo o movimento coordenado pelo FONAPER contrário à aprovação do Art. 11 do Acordo Brasil Santa Sé, realizado em 2009. Para o FONAPER, a redação do Art. 11 do Acordo Brasil-Santa Sé propõe uma outra redação à Lei nº. 9.475, (artigo 33 da LDBEN 9.394/1996), sancionada em 1997, cujo conteúdo sugere e encaminha uma outra concepção de Ensino Religioso, e conseqüente organização curricular. O caput do Art. 33 da Lei nº. 9.475/1997, não orienta que o Ensino Religioso seja de uma e outra denominação religiosa. Em princípio, enquanto componente curricular, o Ensino Religioso deve atender à função social da escola, em consonância com a legislação do Estado Republicano Brasileiro, respeitando, acolhendo e valorizando as diferentes manifestações do fenômeno religioso no contexto escolar, a partir de uma abordagem pedagógica que estuda, pesquisa e reflete a diversidade cultural-religiosa brasileira, vedadas quaisquer formas de proselitismos. O Art. 11 do Acordo, ao preconizar um Ensino Religioso “católico e de outras confissões religiosas”, encaminha uma outra concepção para esta disciplina, ao propor segmentar, ou seja, disciplinar por confissões religiosas, limita sua abordagem a cada perspectiva religiosa, o que conota confessionalidade. Um Ensino Religioso, ao ser caracterizado como sendo de uma única confissão religiosa, assume a tarefa de transmitir conhecimentos de determinada confissão, atividade de responsabilidade das respectivas confissões, nos seus espaços específicos de culto e estudo, uma vez que esta visa à formação da pessoa a partir de uma concepção religiosa particular (Ensino Religioso Confessional). O FONAPER compreende que o Estado deve promover e respeitar a diversidade cultural religiosa, que transita no cotidiano escolar, permitindo que todos os educandos tenham acesso ao conjunto dos conhecimentos religiosos, que integram o substrato das culturas, vedadas quaisquer formas de proselitismo garantindo a liberdade religiosa dos cidadãos e assumindo o compromisso da construção de uma escola, que proporcione a inclusão de todos, pelo acesso e pela valorização dos conhecimentos de todas as culturas e tradições religiosas, para e com todos. Acesse o conteúdo do pedido de AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE , clicando aqui.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

V Semana Teológica: Fé e Política "O papel do leigo nas próximas eleições à luz da Doutrina Social da Igreja". 26 - 30/07/2010, 20hs.‏

Repassando notícia de evento na cidade em que por solicitação da comunidade, estamos apenas colaborando na divulgação.Será realizada nos dias 26/07 até 30/07 às 20hs na igreja do Rosário o V Semana Teológica cujo Título é: Fé e Política, com tema é: “O papel do leigo nas próximas eleições à luz da Doutrina Social da Igreja”.
Cronograma:
26/07 Abertura: Dom Fernando Rifan: (palestra: O que é política)
27/07 Pe. Nelson (palestra: pecado social e miséria)
28/07 Pe. Gilmar (palestra: Igreja e gestão pública)
29/07 Pe. Clécio (palestra: A Igreja e o Estado)
30/07 Prof. Diniz (palestra: Como deve votar o católico).
Inscrição R$ 5,00 na secretaria da igreja (horário: 8h-12h e 14h-18h).
Local e contatos para informações: Paróquia de Nossa Senhora do Rosário (popularmente conhecida como igreja do “saco”.
Endereço: Praça Dr. Ribeiro do Rosário, 30 - Pq. Leopoldina. CEP: 28051- 165 - Campos dos Goytacazes - RJ. Tel.: (22) 2732-5635 - 2732-2360. Cel: (22) 9937-0923.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Projeto dos Arautos do Evangelho com parceria da Coord. Ens. Relig. SMEC é apresentado aos Diretores.

Projeto Futuro e Vida
Juventude tem Concerto
1 - O Projeto
De conteúdo acima de tudo preventivo e construtivo, atua em interdependência com família, escola e comunidade, por serem ambientes de grande importância no desenvolvimento integral do adolescente.

2 - Objetivos
O projeto desperta a senso criativo do jovem, sua capacidade de escolha e responsabilidade, favorece rumos para um amadurecimento sadio, estimula a consciência de uma cidadania ativa e valoriza os talentos e dons próprios de cada um. Procura atingir jovens de todas as classes sociais, reservando especial atenção para aqueles que se encontram situação de risco.

3 - Como é desenvolvido nas escolas e comunidades
Aos jovens é oferecida a oportunidade de participar de uma apresentação musical.
Em primeiro lugar, faz-se um breve concerto didático, demonstrando a importância de cada instrumento musical. Segue-se executando algumas peças clássicas.
Quando oportuno, dentro dos 30 minutos desta fase inicial do projeto, para estimular a interação dos assistentes, tem lugar os "passodobles" espanhóis e solos de percussão. Ao final, coreografias esportivas, katás, etc.
Os interessados podem participar das aulas de música e atividades esportivas, durante 8 encontros aos sábados e/ou domingos no Centro Juvenil dos Arautos. Seus pais são convidados para a abertura e encerramento do projeto, ocasião em que haverá apresentação dos trabalhos. Os ciclos e eventos são gratuitos.

4 - Conclusão
As dificuldades que os jovens encontram no período da adolescência, forma um conjunto vasto e complexo. Nem sempre é possível dar-lhes uma "solução" simplificada e rápida.É este o momento de semear esperanças. Como já foi dito, somente com esforços somados da família, escola e comunidade pode-se dar um apoio eficaz a tantos jovens que justamente buscam esta esperança.

5 - Quem são os Arautos?
Uma Associação Internacional de Direito Pontifício. Jovens em sua maioria (moças e rapazes), estão presentes em 75 países. Por verem na Cultura e na Arte, eficazes instrumentos de diálogo com a juventude, contam com diversos conjuntos musicais. O mais conhecido deles, já se apresentou em inúmeros países dos continentes europeu e americano, em grandes teatros, igrejas, ginásios esportivos e estádios. Seu nome é “Coro e Orquestra Internacional dos Arautos do Evangelho”, sob a regência de Mons.João Clá Dias, Presidente da Associação.

6 – Como são desenvolvidas as atividades para os alunos:
A- No campo esportivo: desenvolvimento do karatê com técnicas, katás, defesas, etc. Após têm-se inicio os jogos mais variados,como por exemplo:Trincheira, Bombardeio Xadrez, Biruta, Bandeira, etc; em todos os jogos são divididas as equipes.
B- No campo da música: o aluno começa com noções de instrumentos musicais de percussão, como caixa , surdo, durante um mês. Após o primeiro mês, são ministradas aulas de flauta e teoria musical, num total de cem lições findadas. Assim sendo, são escolhidos os instrumentos específicos, de acordo com a apetência de cada um.
C - No campo da arte: os alunos têm aulas de técnicas teatrais, para futuras encenações para outros alunos.
D - Também são ministradas palestras, enriquecidas por fotografias e vídeos, de conhecimentos gerais, sobretudo com assuntos da atualidade.

Histórico: são relatados fatos marcantes ocorridos em vários países, mostrando a psicologia e relevância de cada povo;

Religioso: são contadas histórias de santos; da Igreja, etc. Vale a pena ressaltar que se tratando de um projeto cultural, são também comentados fatos de outras confissões religiosas, num ambiente de franco diálogo, respeito, acolhimento, carinho tudo que favorece o cultivo da paz.

Ecológico: os alunos ficam conhecendo a vida dos animais, características, etc. Também sobre fenômenos naturais como: vulcões, terremotos, etc. Aprendem a amar a natureza, sob o prisma de grandeza de Deus ao criar tudo.

Moral: sempre são contadas histórias reais ou legendárias, que visam despertar nos jovens, sentimentos de solidariedade, amor, união, respeito, disciplina. Cumpre salientar, depoimentos de pais que comentam que seus filhos melhoraram o comportamento em casa, só pelo fato de estarem participando deste projeto.
Variados: tem seu lugar fatos épicos, história de aventuras.
Tudo isso visando, despertar o senso criativo do jovem, sua capacidade de escolha e responsabilidade, favorecer rumos para um amadurecimento sadio, estimular a consciência de uma cidadania ativa e valorizar os talentos e dons próprios de cada um. (cf. 2 – Objetivos).

Nossa meta: formar cidadãos para o futuro.

7 - Como são realizados os sorteios
O aluno primeiramente é sorteado na escola para participar do projeto, numa primeira etapa com duração de um mês (as atividades serão realizadas na comunidade). Após o primeiro mês, o aluno passará novamente por outro sorteio, dessa vez concorrendo não apenas com os colegas da sua escola , mas com todos alunos que estiverem freqüentando a comunidade. Caso ele seja novamente sorteado, a sua oferta de bolsa se prolonga por mais dois meses sendo que, no final destes dois meses, novamente o aluno se verá na obrigação de passar por um novo sorteio, onde obtendo-se um resultado favorável, será então computado a partir daí: freqüência, comportamento e participação.

Surgem então as perguntas:
E quem não passa?
Têm que pagar pelo projeto?
Não há um valor estipulado?

A resposta é uma só. Aqueles que não forem sorteados nas etapas seguintes não deverão participar mais do projeto, nem mesmo pagando, até porque o objetivo não é mercantil.

O que nós indicamos é, para o aluno que se sobressaiu no karatê, indicamos uma academia em que ele possa continuar desenvolvendo suas “habilidades”; para o aluno que se sobressaiu na música, indicamos uma Escola de Música, etc.


ou: Rua Pedro Maciel Netto nº 242, Residencial Santo Antônio, CEP 28022-335/ Campos dos Goitacazes – RJ
Telefones: (22) 2735-6577/ 9901-5365 E-mail:
arautoscampos@gmail.com Homepage:www.arautos.org.br
Blog: campos.blog.arautos.org / futuroevidacampos.blogspot.org

quinta-feira, 24 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

QUAL A MELHOR RELIGIÃO? (Fonte: Internet)

QUAL A MELHOR RELIGIÃO?
Breve diálogo entre o teólogo Leonardo Boff e Dalai Lama.

Leonard Boff explica: “ No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre povos, no qual ambos (eu e o Dalai Lama) participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga: 'Santidade, qual é a melhor religião?' (Your holiness, what’s the best religion?) Esperava que ele dissesse:'É o budismo tibetano' ou 'São as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo.'"
O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos – o que me desconcertou um pouco, porque eu sabia da malicia contida na pergunta – e afirmou: “A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus, do Infinito”. “É aquela que te faz melhor.”
Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:-“O que me faz melhor?”
Respondeu ele: - “Aquilo que te faz mais compassivo” (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... Mais ético... A religião que conseguir isso de ti é a melhor religião...
Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando a sua resposta sábia e irrefutável...
Não me interessa amigo, a tua religião ou mesmo ou mesmo se tem ou não religião.
O que realmente importa é a tua conduta perante o teu semelhante, tua família, teu trabalho, tua comunidade, perante o mundo...
Lembremos:“O Universo é o eco de nossas ações e nossos pensamentos”.
A Lei da Ação e Reação não é exclusiva da Física. Ela está também nas relações humanas. Se eu ajo com o bem, receberei o bem. Se ajo com o mal, receberei o mal.
Aquilo que nossos avós nos disseram é a mais pura verdade:“terás sempre em dobro aquilo que desejares aos outros”.
Para muitos, ser feliz não é questão de destino. É de escolha.
Pense nisso.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Secretaria homenageia as mães, coroando Maria, mãe de Jesus

Secretaria homenageia as mães, coroando Maria, mãe de Jesus
Por Carla Rúbia
Com a finalidade de homenagear as mães da Secretaria Municipal de Educação, foi realizada nesta segunda-feira (10), no foyer da secretaria a coroação de Nossa Senhora. A secretária, Joilza Rangel Abreu, através da Coordenação de Ensino Religioso, convidou os “Arautos do Evangelho” para prestar às homenagens, levando a imagem de Maria.

O evento aconteceu ao som dos trombones, trompas, entre outros instrumentos. Os “Arautos do Evangelho” fazem parte da Associação Cultural Católica de Fiéis de Direito Pontifício. O missionário João Carlos Gomes informou que eles foram os primeiros, no terceiro milênio, a serem aprovados pelo Papa João Paulo II. Eles estão em Campos há 12 anos e atuam nos eventos paroquiais, comunitários, entre outras comemorações ministradas pelo Bispo Diocesano de Campos, Dom Roberto Gomes Guimarães.

Durante a coroação, Joilza falou sobre a coroação. “Fiz o convite aos Arautos para prestar essa homenagem às mães, para que Nossa Senhora interceda por todos, a fim de tomarmos decisões corretas e, acima de tudo, para que ela ilumine e proteja nossas crianças”, finalizou.


Postado por: Natanael Santos - 10/05/2010 18:30:00 no site da PMCG

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Homenagem ao Dia das Mães 2010 - SMEC



Atendendo ao pedido da nossa Secretária Municipal de Educação de Campos, (Profa. Joilza Rangel Abreu) foi realizado com os Arautos do Evangelho uma homenagem ao dia das Mães, que foi comemorado dia 10/05 (segunda-feira) às 14hs na recepção de nossa Secretaria Municipal de Educação.

Momento Oracional Abril 2010 e Aniversariantes do Mês



Atendendo ao pedido da nossa Secretária Municipal de Educação de Campos, Profa. Joilza Rangel Abreu, pela positiva experiência de nosso Momento Oracional por ocasião da Páscoa de 2010, realizaremos mensalmente o mesmo, juntamente com a comemoração dos aniversariantes do mês (pessoas que trabalham aqui na SMEC). Assim, solicitamos que cada setor informe e/ou atualize o quadro de pessoas dos setores (nome/data de nascimento/local) à nossa Coordenação de Ensino Religioso e a Sra. Ana Maria do Departamento de Recursos Humanos da SMEC. Bem como, atender à convocação de nossa Secretária a participação do mesmo, observando e respeitando o calendário e horário. Esta semana, sexta-feira (30) será o nosso evento e contaremos com as palavras do Pr. Fernando César Figueiro Trindade (Igreja Batista do Eldorado).

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Uma singela homenagem às vítimas do Morro do Bumba 2010

O Morro do Bumba
Pe. Márcio André dos Santos Ribeiro*
O Bumba ruiu
Caiu e se demoliu
E a dona morte riu
Sem pena do pobre
Que com dor tudo assistiu

O Bumba ruiu
Junto com a mentira
Dos políticos que também caiu
Com lixo e lama
Que com dor o pobre viu

O Bumba ruiu!

De quem é a culpa
É minha, vossa, nossa?
Sim e não
Pois nosso era o lixo que lá estava
E com o lixo
Nossa culpa lá estava!

A morte riu e o
Bumba ruiu!
* Pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário, Diocese de Campos/RJ

Arautos do Evangelho e festa de Corpus Christi 2010

Srs. e Sras. Colegas e Munícipes,
Atendendo ao pedido da nossa Secretária Municipal de Educação de Campos, (Profa. Joilza Rangel Abreu) foi marcado com os Arautos do Evangelho uma homenagem ao dia das Mães, que será comemorado dia 10/05 (segunda-feira) às 14hs na recepção de nossa Secretaria, infelizmente notificamos que não conseguimos outro dia e horário visto que os Arautos estão com agenda lotada, portanto contamos com a presença de todos.
Aproveitando a oportunidade solicitamos colaboração de todos da SMEC para com os 14 tapetes da festa de Corpus Christi dia 03/06/2010, doando-nos os seguintes recursos materiais e humanos:
* o máximo de serragem possível,
* tampinhas de garrafas,
* pó de café usado,
* maior ajuda Possível em mão-de-obra,
* especialista para ampliação dos desenhos nas folhas de papel pardo.
Obrigado.
Coordenação de Ensino Religioso

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Jornada Pedagógica 2010 (SMEC).

Tema: Metodologia do Ensino Religioso

* 02/02/2010 – Escola Municipal 29 de Maio (Tarde)

* 03/02/2010 – Escola Municipal 29 de Maio (Manhã)

* 05/02/2010 – Escola Municipal 29 de Maio (Manhã)

* 08/02/2010 – Escola Municipal 29 de Maio (Manhã). Obs.1: Na FAFIC (Manhã e Tarde) para o pessoal da Educação Infantil e 1º ano.

* 10/02/2010 – Escola Municipal 29 de Maio (Manhã e Tarde). Obs.1: Na FAFIC (Manhã e Tarde) para o pessoal da Educação Infantil e 1º ano.

Obs.2: A carga horária semanal deve ser completada com atividades (palestras, oficinas etc.) variadas.